top of page

Aprovada mudança para UPH Leste continuar administrada pela Santa Casa


Com voto de Fernando Dini, aprovação do projeto que altera lei permite renovação de convênio com a Irmandade da Santa Casa, para manter administração da Unidade Pré-Hospitalar da Zona Leste


A Unidade Pré-Hospitalar da Zona Leste agora poderá continuar sendo administrada pela Irmandade da Santa Casa. Com voto favorável do vereador Fernando Dini (Progressistas), a Câmara de Sorocaba aprovou o projeto que altera a lei 11.982/19, autorizando a prorrogação do convênio para a gestão compartilhada da Santa Casa na administração da unidade pré-hospitalar na avenida Nogueira Padilha. O vereador Fernando Dini comemora o resultado, pois a cidade reconhece que a administração da Santa Casa promoveu melhorias no atendimento. “Lutamos contra o equívoco de um ex-prefeito que tentou fechar a UPH Leste. O nosso mandato, ao lado da população venceu e a UPH Leste funciona com qualidade reconhecidamente melhor às demais da cidade”, declarou Fernando Dini.


Durante a sessão de votação, na manhã desta terça-feira (21), o vereador Fernando Dini recordou que o seu mandato ajudou a escolher o local onde a unidade pré-hospitalar foi instalada, após estudos em parceria com os moradores da Zona Leste. Inaugurada há quase 11 anos, em agosto de 2013, a unidade de saúde está circundada de bairros com moradores que dependem do atendimento do SUS. Acrescentou que a zona leste é composta por 33 bairros, com grande concentração de idosos e crianças. “Atualmente, com os casos dengue e as doenças respiratórias, a unidade chega a atender quase 18 mil pacientes ao mês”, afirmou Dini.


A UPH Zona Leste está sendo administrada pela Irmandade da Santa Casa desde maio de 2019. O vereador Fernando Dini ressaltou a qualidade do trabalho do presidente da Irmandade, padre Flávio Jorge Miguel Júnior. “A gestão humanizada e com mais resultados para os pacientes contagiou todos que trabalham lá. São mais de 200 colaboradores, fora os médicos”, afirmou Fernando Dini. Hoje a unidade tem dez leitos de observação adultos, cinco leitos de observação infantis, dois leitos de isolamento e três leitos de emergência.


Para que possa haver a mudança foi aprovado o projeto de lei nº 148/2024, de autoria do Executivo, alterando a Lei nº 11.982, de 14 de maio de 2019, com o objetivo de prorrogar o convênio entre a Prefeitura de Sorocaba e a Santa Casa de Misericórdia para a gestão compartilhada da Unidade Pré-Hospitalar da Zona Leste. O projeto altera o artigo 9º da lei, com o seguinte teor: “O convênio vigerá pelo prazo de 12 meses, a contar da data de sua assinatura, podendo ser prorrogado até o limite legal, conforme a Lei Federal nº 8.666, de 21 de junho de 1993, subsidiado pelo artigo 190 da Lei nº 14.133, de 1º de abril de 2021, hipótese em que fica desde já a municipalidade autorizada a fazer os repasses correspondentes à conveniada, realizando as adequações nas peças orçamentárias que se fizerem necessárias”.

27 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page