top of page

Oferta de canabidiol na rede pública é tema de audiência em Sorocaba

Atualizado: 13 de mai.


Renomados especialistas dialogam sobre os desafios do canabidiol na rede de saúde, em evento promovido pelo vereador Fernando Dini 


Crédito da imagem: Luana Franzão / Jornal da USP


A oferta do medicamento canabidiol na rede pública de saúde e os seus desafios é o tema de discussão pública promovida com renomados profissionais e pesquisadores da área, na tarde da próxima segunda-feira (13), em Sorocaba. O debate será realizado em audiência pública, a partir das 14h30, na Câmara Municipal.  


Participam quatro profissionais, pesquisadores especializados e reconhecidos pelo domínio do tema: um médico, um advogado e duas farmacêuticas. O evento foi solicitado pelo vereador Fernando Dini, tendo em vista o alto valor deste medicamento receitado aos pacientes, para o tratamento de diferentes doenças. 


O médico Wellington Briques dedica sua carreira ao atendimento de pacientes, ensino médico, publicações científicas e ao desenvolvimento de novas moléculas em áreas como a cannabis medicinal. O advogado Leonardo Sobral Navarro é especialista em direito médico e da saúde, membro efetivo da Comissão do Direito da Cannabis Medicinal do Conselho Federal da OAB. 


A farmacêutica Stéfanie Ane Valério de Souza iniciou as pesquisas relacionadas ao uso medicinal da cannabis, há mais de uma década. A também farmacêutica, Renata Monteiro é perita judicial, consultora, mentora e educadora e proprietária de farmácia de manipulação com autorização para trabalhar com produtos derivados da cannabis.


Segundo especialistas, o canabidiol pode reduzir sintomas sem causar dependência no tratamento de alguns tipos de câncer, epilepsia, autismo, ansiedade, depressão, dor crônica, parkinson, esclerose múltipla, entre outras. 


Conheça um pouco dos currículos dos palestrantes  


Médico, dr. Wellington Briques

Wellington Briques é médico graduado pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto – USP, com titulação de MBA e GFMD (Global Fellowin Medicine Development pelo Kings College, London UK, e da IFAPP), Presidente da Sociedade Brasileira de Medicina Farmacêutica (SBMF), Fundador da Cannabis Academy, e atuou como Chief Medical Officer do Butantan e como Diretor Médico Global da Canopy Growth, entre outros cargos. Dedica sua carreira ao atendimento de pacientes, ensino médico, publicações científicas e ao desenvolvimento de novas moléculas em áreas como a cannabis medicinal.


Advogado, dr. Leonardo Sobral Navarro 

Leonardo Sobral Navarro é advogado (OAB/SP 163621 OAB/RO 9249), membro Efetivo da Comissão do Direito da Cannabis Medicinal Do Conselho Federal da OAB – representando a OAB/SP, especialista em Direito Médico e da Saúde.- Convidado pela Comissão Especial do PL 399/15 (Cannabis Medicinal) para participar dos Debates e Audiências Públicas – Câmara dos Deputados Federais - Convidado para integrar as Audiências Públicas do PL1180/19 (Cannabis Medicinal) – Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo -Convidado para participar dos Debates e Audiências Públicas da Frente Parlamentar em Defesa da Cannabis Medicinal e do Cânhamo Industrial – ALESP(2020/2022) - Membro Titular do Conselho Deliberativo da Frente Parlamentar da Cannabis Medicinal e do Cânhamo Industrial (2023).


Farmacêutica, Stéfanie Ane Valério de Souza

Stéfanie Ane Valério de Souza é farmacêutica formada em Ciências Farmacêuticas pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas em 2013, quando iniciou as pesquisas relacionadas ao uso medicinal da Cannabis.  Aprofundou-se no tema Cannabis e Neurociências durante o mestrado, concluído em 2019 pelo departamento de farmacologia da Universidade Federal de São Paulo. 


Farmacêutica, Renata Monteiro

Renata Monteiro é farmacêutica, educadora, mentora, consultora e perita judicial. Pós-graduada em homeopatia, cosmetologia, gestão em indústria farmacêutica, farmácia clínica aplicada a prescrição magistral, cannabis medicinal e especialização em ciências psicodélicas. É e professora titular do Sechat Academy, proprietária da ORTHOFARMA farmácia de manipulação com autorização para trabalhar com produtos derivados de cannabis e diretora científica do Instituto Jurema, um instituto de pesquisa e ensino das terapias ancestrais.




124 visualizações0 comentário

Σχόλια


bottom of page