top of page

PL PARA CAPELA SENHOR DO BONFIM-JOÃO DE CAMARGO

Fernando Dini quer declarar Capela Senhor do Bonfim – João de Camargo como

Patrimônio Cultural Imaterial de Sorocaba


Projeto de Lei do vereador será protocolizado nos próximos dias




O vereador Fernando Dini(MDB) irá protocolizar nos próximos dias um Projeto de Lei que declare a Capela Ecumênica Senhor do Bonfim – João de Camargo em Patrimônio Cultural Imaterial de Sorocaba. Localizada na Avenida Barão de Tatuí, 1083, a capela foi construída em 1907 por João de Camargo, filho de escravos, que viveu por mais de 50 anos no local onde faleceu em 1942.


Anexado à capela está a casa de João de Camargo, alguns móveis como a cama onde foi encontrado sem vida, além de roupas e pertences que datam mais de 100 anos.


Nhô João, como passou a ser chamado, nasceu em Sarapuí em 1858 e viveu em Sorocaba de 1888 até o ano de sua morte. Período em que pessoas próximas afirmam que ele teria conseguido curar doenças através de óleos e ervas, sem usar nenhum outro artifício. Nesta capela, João de Camargo foi procurado por pessoas do mundo todo e sempre levou uma vida dedicada aos mais necessitados.



“Aqui todos os ambientes, do chão até as paredes, todo e qualquer canto e espaço, são carregados de história. História de um tempo sofrido, de fé, história de esperança e há quem diga de milagres também! Precisamos fomentar isso para manter viva e propagar a história dessa personalidade local que, infelizmente, ainda é desconhecida por muitos.”, afirmou o vereador Fernando Dini, durante a visita.


Em 1913, Nhô João foi processado judicialmente, acusado de praticar o curandeirismo. Foi absolvido e, para se proteger de perseguições, criou em sua capela a Associação Espírita e Beneficente Capela do Senhor do Bonfim, reconhecida como pessoa jurídica em fevereiro de 1921.



Assessoria do vereador Fernando Dini (MDB)

Fone/whats (11) 9-9369-1777


96 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page